Darwin, c’est tout bête ! Mille et une histoires d’animaux pour comprendre l’évolution eBook

Darwin, c’est tout bête ! Mille et une histoires d’animaux pour comprendre l’évolution eBook

$13.00

  • Delivery: Can be download immediately after purchasing. For new customer, we need process for verification from 30 mins to 24 hours.
  • Version: PDF/EPUB. If you need another version, please Contact us
  • Quality: Full page, full content, high quality images, searchable text and you can print it.
  • Compatible Devices: Can be read on any devices (Kindle, NOOK, Android/IOS devices, Windows, MAC,..).
  • e-Book Features: Purchase and read your book immediately, access your eTextbook anytime and anywhere, unlimited download and share with friends.
  • Note: If you do not receive the download link within 15 minutes of your purchase, please Contact us. Thank you!
Guaranteed Safe Checkout

Reviews

There are no reviews yet.

Be the first to review “Darwin, c’est tout bête ! Mille et une histoires d’animaux pour comprendre l’évolution eBook”

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Os descendentes de um primata que existiu há 5 milhões de anos deram origem ao que hoje são três espécies. Uma estabelece hierarquias sociais com base na força física, é capaz de canibalismo e de organizar-se em bandos para aniquilar grupos rivais – são os chimpanzés. A segunda espécie vive em sociedades matriarcais em que sexo é boa parte da comunicação – para repartir alegria, mitigar ira, afugentar medo ou porque deu vontade. Eles já foram conhecidos como chimpanzés-pigmeus, hoje são chamados de bonobos. O terceiro descendente é menos peludo e capaz de façanhas como escrever e ler este livro. Em capítulos que tratam de poder, sexo, violência e bondade, Frans de Waal mostra o quanto o homem tem em comum com os dois outros primatas. Ao fim da análise, o homem emerge como uma criatura bipolar, que pode ser mais violenta que os chimpanzés e mais gentil que os bonobos. Segundo o autor, a natureza do comportamento humano deve ser levada em conta para entender e nortear nossas sociedades.